Televisão Notícias Tecnologia Ciência Cultura Ensino Entrevistas Agenda
Nº 36
novembro 2014
Notícias
CPLP tem nova sede em Lisboa
07-02-2012 10:46
Jornalista: Lúcia Vinheiras Alves / Imagem e Edição: António Manuel
© TV Ciência
Na inauguração da nova sede da CPLP em Lisboa, Presidente da República, Cavaco Silva propõe que a CPLP adote programas de cooperação no domínio da língua com base numa bolsa única de recursos financeiros e humanos.
Enviar Notícia Versão Impressão
A nova sede da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) situa-se no centro da cidade de Lisboa e no topo do portão do Palácio Conde de Penafiel está agora a bandeira da CPLP.

No ato de inauguração estiveram presentes, para além do Presidente da República Cavaco Silva, do Primeiro-ministro, Pedro Passos Coelho e do Secretário executivo da CPLP, o Vice Presidente da República de Angola, Fernando da Piedade Dias dos Santos e ex. Presidentes de Portugal, Moçambique e de Cabo Verde, bem como Ministros dos Negócios Estrangeiros de vários Estados da CPLP.

Cavaco Silva lembrou o trabalho que a CPLP tem vindo a desenvolver, mas referiu que agora chegou o tempo para uma maior aproximação da organização aos cidadãos.

Cavaco Silva referiu que: «é verdade que muito foi já feito nesse sentido, mas há que ir mais longe: alargando os domínios de cooperação, atraindo uma maior diversidade de setores da sociedade para as iniciativas da nossa Comunidade, divulgando, mais e melhor, aquilo que somos e fazemos, mas também o que queremos ser e fazer. Em suma, a CPLP tem de descer à rua e de se abrir mais ao contributo dos seus cidadãos, começando, desde logo, pelos mais jovens, para que estes a sintam como algo que lhes pertence, com que se identificam, como uma real mais-valia nas suas vidas».

A língua portuguesa é, refere Cavaco Silva, o principal ativo estratégico, político e económico da CPLP, por isso apresenta diversos desafios à comunidade. «Desafios que começam em cada um dos nossos países, onde a aposta na educação e na formação em língua portuguesa deve ser vista como prioridade. Sabemos que nem todos temos os mesmos recursos, no domínio da língua. Impõe-se, por isso, uma concertação de esforços a nível político, que permita criar condições logísticas e financeiras para que aqueles que dispõem de meios humanos possam apoiar quem mais deles necessita. A CPLP poderia ser o fórum ideal para essa reflexão conjunta e para adoção de programas de cooperação abrangendo todos os seus membros, com base numa bolsa única de recursos humanos e financeiros», afirma Cavaco Silva.

O Vice-Presidente de Angola destaca a importância da CPLP no atual tempo de globalização. «Independentemente dos contextos geopolíticos e geoestratégicos que possam estar inseridos nos nossos Estados, é importante sobretudo que em conjunto eles possam e saibam fazer da CPLP um instrumento capaz de concorrer substancialmente para a salvaguarda dos interesses dos nossos países, vencendo os desafios que dia a dia nos se colocam nesta era da globalização. Estou certo que para além dos laços que nos unem a adoção destas novas estruturas do Secretariado da nossa Comunidade, reforça a importância que damos a estes pressupostos».

O atual Secretário Executivo da CPLP Domingos Simões Pereira, diz que com a nova sede possui agora condições para uma maior aproximação da organização às populações. «Com a nova sede ambicionamos concretizar de forma mais efetiva a vossa orientação de uma maior proximidade de integração à comunidade. Contamos ver este espaço convertido num local de encontro obrigatório para conversas de início da manhã e fins de tarde à volta de livros, de poesia, de música, mas também de estudos, de pesquisas sobre temas de interesse para os nossos Estados e populações, de encontros de estudantes, de políticos, de homens de negócios e outros».

Na mesma linha de opinião vai o Ministro dos Negócios Estrangeiros, Paulo Portas que considera haver agora um lugar mais apropriado para o encontro da comunidade lusófona. «Fica a CPLP lindamente servida, como uma sede prestigiadíssima que vai ser um lugar de encontro politico, porque nós somos uma comunidade influente internacionalmente, um lugar de encontro económico, porque temos imenso a fazer juntos do ponto de vista das empresas e um lugar de encontro cultural porque a língua portuguesa falada sobre cada forma em cada pais e em cada comunidade é um valor extraordinário, tanto do ponto de vista do legado cultural como daquilo que nos pode servir na globalização».

E é na língua que Paulo Portas coloca mais ênfase, pois considera que esta será cada vez mais determinante para o aumento da influência da CPLP no Mundo. «Para mim um dos pontos mais atrativos da CPLP tem a ver com o facto do português ser uma língua que vai triunfar na globalização. O português é falado em quatro continentes, é a sexta língua mais falada no mundo, a terceira língua de origem europeia mais influente. Há muitos países da CPLP que têm um crescimento demográfico enorme, dentro de umas décadas 350 milhões de pessoas falam português em todo o mundo e isso torna inevitável a ascensão do português como língua internacional de trabalho e tem um valor económico enorme», explica Paulo Portas.

Para além dos países de língua oficial portuguesa há outros que têm manifestado interesse em estar ligados à CPLP, encontrando-se já com o estatuto de observadores associados a Guiné equatorial, a ilha Maurício e o Senegal.

Últimas Notícias
Por que razão quando coçamos a pele sentimos ainda mais comichão
Cientistas preveem que no futuro Universo ficará vazio
Inovadora iluminação LED na Capela Sistina vai permitir visualizar cores de frescos na plenitud ...
Fusão de dois centros em astrofísica dá origem a novo Instituto de Astrofísica e Ciências do Es ...
Foguetão que transportava carga para a ISS explode segundos após a descolagem
  Topo  
Comparticipado pelo Instituto de Investigação Científica Tropical Projecto apoiado pelo Programa Operacional Sociedade do Conhecimento Projecto Co-financiado pela UE - FEDER
Cartoteca Iconoteca Telejornais Arquivo de Vídeo Manuscritos Documentários Vídeo Memória Newsletter Facebook (Este link irá abrir uma nova janela)
A TV Ciência Estatuto Editorial Emissão Contactos Ajuda Imprensa © Copyright Publicidade Ficha Técnica